Namíbia: mergulhando além do deserto

Dona do maior e mais antigo deserto do mundo, a Namíbia abriga também preciosidades em suas terras além de suas areias milenares.

johnny-chen-77989-unsplash

Um território pouco povoado, com aproximadamente 2 milhões de habitantes, a Namíbia é um país gigante em aspectos culturais e repleto de curiosidades que impressionam a cada visita. De uma cidade fantasma a um restaurante com vista para o oceano, o destino ainda possui um passado histórico de forte exploração de minérios.

Cidade fantasma de Kolmanskop

26803186448_fc0b93dd13_o

Dentre as peculiaridades que rondam o país e criam uma bagagem histórica única, a cidade de Kolmanskop está no sul da Namíbia e monta uma das narrativas mais curiosas. Quando foi construída, em 1908, o principal objetivo era a exploração de diamantes em suas terras, mas devido a escassez do mineral a região foi abandonada anos depois. Atualmente é conhecida como uma cidade fantasma que pode ser visitada para explorar suas ruínas tomadas pelas areias do deserto.

Restaurante Ocean Cellar, Swakopmund

39899848_878537642330908_837595725972897792_n

O restaurante Ocean Cellar faz um contraponto a ideia de deserto na Namíbia. Com vista para o oceano Atlântico, o local de arquitetura com influências alemãs e menu focado em frutos de mar prepara as melhores opções de sushi, além de uma degustação exclusiva de diversos tipos de ostras.

Shipwreck Lodge

unnamed

Um lugar perfeito para viver toda a aventura e atmosfera inóspita desse destino singular, sem deixar de lado o requinte do atendimento personalizado para cada perfil de viajante, o Shipwreck Lodge destaca-se por sua localização ousada, em Skeleton Coast, no centro do deserto mais antigo do mundo. Com uma arquitetura única que complementa de forma perfeita a paisagem africana. Além dos safáris da região também é possível avistar animais ao redor do próprio lodge, como elefantes, babuínos e as encantadoras girafas! O Shipwreck Lodge é a maneira mais singular de vivenciar o inspirador deserto da Namíbia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>